Esclerose Concêntrica de Baló

Foi descrita inicialmente por Jószef Baló em 1927. Nos primeiros relatos desta doença, a maioria dos pacientes acometidos evoluía desfavoravelmente para óbito ou incapacitação. Casos recentes, porém, têm tido curso menos dramático.

Também conhecida por esclerose difusa mielinoclástica, doença de Schilder, esclerose transicional ou desmielinização pseudotumoral, é uma doença desmielinizante de caráter auto-imune sem causa conhecida do sistema nervoso central, sem etiologia conhecida, mas provavelmente se trata de uma variante rara da esclerose múltipla

A apresentação clínica pode ser aguda ou subaguda com défices neurológicos progressivos, multifocal e incluir alterações comportamentais. Os casos clínicos relatados descrevem apresentações como: hemiparésia aguda; tetraparésia com confusão e convulsões; cefaleias e hemiparésia; ataxia, hemiparésia e agitação; afasia sensitiva; disartria; disfagia; e fadiga.

As lesões da esclerose concêntrica de Baló apresentam um padrão peculiar de lamelas concêntricas de substância branca em desmielinização alternadas por lamelas de substância branca mielinizada ou em remielinização, são mais comumente encontradas nos lobos frontais, mas podem ser vistas em todo o neuroeixo.

Ressonância magnética  é o melhor método para diagnóstico e acompanhamento. O sinal da casca de cebola é considerado um sinal patognomônico da esclerose concêntrica de Baló. Apesar de as imagens ponderadas em T2 serem mais sensíveis para demonstrar as lesões desmielinizantes, os anéis concêntricos são mais bem identificados em T1. O realce após a injeção do meio de contraste é variável e provavelmente representa áreas ativas de desmielinização.

Baló

Anúncios

About Dr. Licurgo Santiago

Médico radiologista Radiologia Intervencionista
Esta entrada foi publicada em Não categorizado, Neurologia, Ressonância magnética e marcada com a tag , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s